31 de ago de 2008

Say what you wanna or take what you wanna.

Cara.. eu vi o halo solar... \o/ uhuu... hahahahaha

Sentar num cantinho ensolarado é legal. sempre gostei disso. Por mais que não fosse um cantinho e sim no meio da calçada. Sempre que eu não tinha nada pra fazer sentava na calçada em frente de casa. de vez em quando passava alguém e se juntava a mim. Vadio, Malditoz, Marquinho, Tiléucia (saudades de vc muié), mais raramente porém não menos importantes Jackson, Rhoger, Anna Carla (lembram das tardes de quarta feira?) e tbm a gisele. São coisas que sempre fizeram parte da minha vida. O sol, meus amigos e as conversas que tínhamos na calçada da minha casa que não e mais minha.
É difícil pensar nisso. "A minha casa não é mais minha casa" e em como isso aconteceu é pior ainda. Pensar que agora a "minha casa" será onde era a casa do seu fulano ou do lado da casa do seu Beltrano ou perto de tal lugar. Não que mudar as vezes não seja legal ou preciso. Mas é estranho ter de abandonar todas aquelas lembranças que só aquela casa tem. E aquela árvore que plantei aos 3 anos de idade??? E aquela goiabeira que nunca dava goiaba? e aquele buraco no chão que surgiu naquele dia que estava todo mundo lá em casa??? e aquela garagem que já presenciou tantos churrascos??? e as festas??? hahahaha essas serão lembradas com carinho... e a sala da TV?? com aquele bicama que a gente estendia e todo mundo se amontoava pra assisti um filme?? ou então qdo alguém ia me pedir colo e a gente sempre acabava naquele bicama assistindo sessão da tarde? hehehe
É estranho pensar que vou pra casa e não vou para a casa da rua bahia 156 perto do areião... de frente pra casa do vadio... não vou mais pra rua cheia de caminhoneiros e seus caminhões imensos onde a gente brincava de esconde esconde com toda a piazada da vizinhança, aquela rua onde a gente pulava elástico.
Aquela rua e aquela casa podem não ter novas lembranças... mas as antigas existirão pra sempre. Naquela rua, naquela casa que eu cresci. As vezes é difícil se desapegar mas, mais cedo ou mais tarde a gente se desapega.


E a musica que não quer calar.

Bom final de domingo!!!!

27 de ago de 2008

Luto

Eu costumo ter sonhos estranhos. Sonho com pessoas próximas e queridas morrendo. E acordo me sentindo mal. Mas hoje foi diferente. Por dois motivos: 1) quando acordei não consegui lembrar quem morria no sonho; 2) não me sentia mal mas sim uma sensação de descanso, uma sensação boa. A manhã pareceu vazia. Voltei pra casa pra almoçar. Almocei. Mas tinha que voltar pro centro. No exato momento em que o ónibus paro e as portas se abriram, lembrei de você. Pensei que deveria te visitar dia desses. Mas meu pensamento foi interrompido pelo "boa tarde" do motorista. A tarde passou. Voltei pra casa. E ao chegar, pela primeira vez, me deu vontade de desenhar sem motivo, deixar a mente fluir no papel. E curvas fluíram, se sobrepuseram (é assim?) e interagiram. Resolvi colorir. Preenchi cada mínimo espaço em branco. Só faltava o amarelo, a tinta do rotulador teimava em não sair, como se estivesse evitando algo. A tinta saiu. No momento em que passei pela última vez o rotulador no papel e pensei "acabou", ouvi alguem batendo palmas em frente de casa. O coração disparou. "Lu, atende a porta por favor?" e só ouvi "é aqui que moram as filhas da suely?", já vi que não são boas noticias. A Jenifer foi falar com o moço. Vesti o primeiro calçado que me apareceu. É.. as noticias não eram boas. E agora? ligar pra mãe? pro pai? o que fazer? "Mãe atende esse telefone!!!!".
Procurei manter a calma. Mas as lembraças são mais fortes. Lembra daquele volantinho que tinha pregado do lado da sua estante?? Aquele doce que vc fazia que eu adorava, qual era mesmo?? Aquela casa tão pequena, tinha fim???? Lembra que eu acreditava mesmo que a senhora era mãe da minha mãe?? E que eu me achava o gás da coca-cola pq eu tinha três avós... e mais nenhum dos meus coleguinhas de patotinha tinha... Essas imagem que ficarão em minha mente. A senhora rindo. Faz tanto tempo que não te via. Mas me lembro perfeitamente. Da sua risada rouca, do seu sorriso. Enfim... pelo menos, já não sofres mais.



"(...) Cumpriu sua sentença e encontrou-se com o único mal irremediável, aquilo que é a marca de nosso estranho destino sobre a terra, aquele fato sem explicação que iguala tudo o que é vivo num só rebanho de condenados, por que tudo o que é vivo, morre (...)"
"Auto da Compadecida," Ariano Suassuna


Murilo diz:
nao lembro qm disse... mas alguem disse... a morte eh onde acaba a vida... isso nao significa q ela termine




Vó Rita, espero que seu final tenha sido feliz.

26 de ago de 2008

meu bem! minha flor! minha menina!!

Hj me senti uma amiga de verdade...
Adoro ajudar... ouvir.... dar colo...
coisas tão pequenas que no fim podem fazer a diferença...
podem transformar lágrimas em risada... ou apenas reforçar a amizade...

Apesar da dor, das lágrimas e de tudo mais hj foi até divertido.
Filosofias sobre abraços, declamação de musicas, explicações de versos.
Adorei...

Uma canção para cauol
(Juro que eu achava que era meu bem ao invés de meu amor... mas o titulo continua o mesmo)

Carol... Eu é que agradeço!!!

25 de ago de 2008

E o que resta sem sentido

Sabe quando você passa uma semana fazendo um monte de coisas e chega no fim de semana e não sabe o que fez a semana toda? é por ai.
Alguma coisa aqui não ta fazendo sentido. Mas o que? Não sei! Até consigo ver coisas sem sentido. Mas essas coisas não são suficientes pra perturbar assim.
Mas como diz a musica.... Passerà

Enfim.. só a titulo de demonstração....

Tenho Medo de Perder a Maravilha
Frederico Garcia Lorca, 1936

Tenho medo de perder a maravilha
de teus olhos de estátua e aquele acento
que de noite me imprime em plena face
de teu alento a solitária rosa.

Tenho pena de ser nesta ribeira
tronco sem ramos; e o que mais eu sinto
é não ter a flor, polpa, ou argila
para o gusano do meu sofrimento.

Se és o tesouro meu que oculto tenho
se és minha cruz e minha dor molhada,
se de teu senhorio sou o cão,

Não me deixes perder o que ganhei
e as águas decora de teu rio
com as folhas do meu outono esquivo.

Hj não to muito pra palavras minhas.
A Música que não me sai da cabeça....

Sem finais por hj...

19 de ago de 2008

alguém que....

no titulo... pedaço da musica que grudou na minha cabeça.... (ver musica de hj)

Semana de algures.... Algures³ o vírus saindo do cubo (ou algo que o valha)
eu vi umas palestras... grupos de discussão... nenhum que eu tenha dito noooosssa.. mudou a minha vida....
apesar de eu achar mto absurdo aquele carinha dizendo que a galera não valoriza MARISTELA ONO...
o.O como asssiiiiiimmmmm???? tipo.... Maristela...... [Lilian faz coraçãozinho com a mão]
enfim..... aaahnn.. tbm teve o livro da Marilda que eu ganhei.. foi mó legal...
hj eu vi botons.. achei um perfeito... "não se justifique" adorei... hehehe
eu semi aprendi a semi tocar violão....
eu toco "Oh where, oh where, can my baby be?" (só esse pedaço.... só) hehehe divertido...

Musica de hj (não achei vídeo... então vai só a letra)
Música de ontem


PS: litogravura é mto legal!!!

pra não dizer que a olimpíada passou em branco...

讓您的最後

15 de ago de 2008

Casamento: o grande sonho feminino...

desse dia dispensável só nos resta rir....


Três mulheres, uma noiva, uma casada e uma amante, decidiram fazer uma brincadeira: seduzir seus homens usando uma capa, corpete de couro, máscara
nos olhos, botas de cano alto, pra depois dividir a experiência entre elas.


No dia seguinte, disse a noiva:

- Quando meu namorado me viu usando o corpete de couro, botas com 12cm de salto e máscara sobre os olhos, me olhou intensamente e disse: ' Você é a mulher da minha vida, eu te amo'. E fizemos amor apaixonadamente.

A amante contou a sua versão:
- Encontrei meu amante no escritório, com o equipamento completo! Quando abri a capa, ele não disse nada, me agarrou e fizemos amor a noite toda, na mesa, no chão, de pé, na janela, até no hall do elevador!

E aí a casada contou sua história:
- Mandei as crianças para a casa da minha mãe, dei folga pra empregada, fiz depilação completa, as unhas, escova, passei creme no corpo inteiro, perfume em lugares estratégicos, e caprichei: capa preta, corpete de couro, botas com salto de 15 cm, máscara sobre os olhos e um batom vermelho que nunca tinha usado. Pra incrementar, comprei uma calcinha de licra preta comum lacinho de cetim no ponto G!. Ainda apagei todas as luzes da casa e deixei só velas iluminando tudo.
Meu marido chegou, me olhou de cima abaixo e disse:
Fala aí, Batman, o que temos para o jantar?

Pois é......quer casar?!!!

14 de ago de 2008

Quase flutuando num ordinário espaço criativo

Eu tinha que colocar esse título.. hehehehehehe homenagem à carol e murilo....
Sabe aqueles dias que muita coisa da errado e mesmo assim no fim do dia parece que ele foi bom???
hj parece um desses dias....
chuva... esquecer cartão em casa.... irmãos... rodoviária.... chegar atrasada na aula.... pouco tempo pra tirar fotografias... etc...
mas no fim das contas me diverti até.....
depois da aula.. fotos de todos... conversa no corredor...
tubo lotado? vamo no shopping senta e conversa??? vamoooo \o/
adorei essa parte do dia em particular... até porque.... melhores companhias.. quase impossivel....
enfim.... hj me sinto bem....


Um conselho a um amigo....
escolha seu caminho e faça seu final....
hehehehe

12 de ago de 2008

O riso

O riso é a menor distância entre duas pessoas....
acho que não tem frase melhor pro dia de hj....
não que eu tenha passado o dia todo rindo sem parar..... não......
foram pequenas doses de risada que preencheram vários momentos do dia...
ai ai....
sabe q hj foi bacaninha????
hj foi um dia de surpresas... 2... ou 3... depende do seu ponto de vista....
o fato é que deu pra rir com as duas... ou 3!?!?
hahahahahaha só não dá pra dizer se são surpresas boas ou más.... hahahahaha
né murilo?!?!?!? hahahahahahah
Enfim... hj foi um dia exatamente como eu gosto!!!
todos felizes e contentes... saltitantes de alegria!!! hehehe (talvez não tanto)
mas isso fora de casa. Pq do portão pra dentro..... aiaiai... só posso dizer uma coisa....
"Fecho porta pra não escutar briga, e também pra briga não escutar minha canção"

Pois é... chego ao fim de mais um dia... só que hj, por algum motivo, sem a sensação de que algo ficou incompleto....
fiz o que dava pra fazer... do jeito que dava pra fazer....
Algumas estratégias terão de ser repensadas.... mas nada impossível de se fazer....
acho que posso dizer:

Hj eu fiz o meu final.....

10 de ago de 2008

Feliz dia dos pais...

Acho que estou tão acostumada não estar perto no dia dos pais (pelo menos não fisicamente) que quase esqueci que hj era o famoso dia dos pais....
não que ele não seja importante ou que eu ame menos meu pai por isso....
perdi as contas de qtos anos que meu pai não recebe um presente nosso de dia dos pais....
apenas eu acho que ligar pra ele, perguntar como está, e ter "doi dedim de prosa" pode deixa-lo mais feliz.... (sem conta que o presente ia sair do bolso dele mesmo)
Esse fds não foi o mais produtivo da história.... o que me deixou bastante tempo pra pensar em tudo o que está acontecendo ao meu redor....
Cheguei a conclusões que não me agradaram.... basicamente a respeito dos meus amigos...
Acho que alguém mto importante pra mim tá sofrendo e eu nem tinha parado pra perguntar "tudo bem?" e dizer que to aqui... pro que der e vier....
A outros acho que não estou dando a atenção que merecem....
Aos que eu disse que estaria aqui qdo precisassem... eu não estava qdo me chamaram....
Entre outras coisas que não me lembro agora....
O que aconteceu comigo? alguém pode me responder???
Não é por mal, sabe?? simplesmente aconteceu...
estou me achando uma péssima amiga...
Mas não era esse o plano..

Com licença.... vou logo ali fazer o meu final...

7 de ago de 2008

O ritmo dos pingos ao cair no chão....

é.... choveu.... muito.... o dia todo..... chato não?!
tbm acho...
apesar de tudo foi bacana....
deu pra ver que as palavras podem brotar do silêncio....
ótima técnica... (ou tecnologia?)

e quanto a alta fidelidade??? só posso te dizer que menos de 8 Ohms diminui a impedância..

hj não tô com mto o que dizer.... mas sempre se pode pensar...
Não espere...

e faça o seu final.

5 de ago de 2008

Como foram minhas férias

O lendário primeiro post...
Tá.. eu sei que quem me conhece a mais tempo vai ver isso e dizer... "que diabos essa guria tá fazendo com um blog???"
mas sei lá... de uns tempos pra cá tenho lido alguns blogs (cada vez mais pra falar a verdade) e isso anda me inspirando a escrever... (isa, kzau, carol, etc...)
não que eu escreva suuuper bem como eles..... mas eu posso tentar né?!

lembra quando a gente era criança e tinha que fazer aquelas redações "como foram minhas férias"?... então... hj eu diria: Surpreendente... (apesar de boa parte do tempo eu ter ficado no sofá dormindo....) pq???
pq é surpreendente como o fato de eu ir a um lugar pode calar vozes que GRITAM na minha cabeça... e finalmente de dar um pouco de sossego...
é surpreendente como o sorriso de uma criança cura qqr dor incômoda...
é surpreendente como brincar dias seguidos com essa mesma criança não me cansa e nem me deixa cheia de dores pelo corpo....
é surpreendente como de repente não se conhece mais ngm.... ou quase ngm...
é surpreendente como a minha terra tem o céu azul e limpo....
é surpreendente voltar a ser criança e entrar no pomar da minha vó ou dos vizinhos pra subi na árvore pra pega ponkã e come no pé... (sem igual!!)
é surpreendente como velhas amizades estão sempre ali.... por mais que a vida tenha nos dado rumos diferentes... e apenas um olhar denuncia isso....
mas o que de tudo me surpreende mais....
é a forma com que tantas lágrimas, tanta tristeza, tanto sofrimento, tanta saudade e tanta coisa ruim são capazes de sumir de repente, como se nunca tivessem aparecido. Em um instante a dor é tanta e a tristeza é sem fim. E um olhar e 5 minutos de conversa depois isso não existe mais... e agora é a alegria que não tem mais fim. É o pedaço que faltava e eu tenho de volta. Ainda bem!!! (apesar de ngm me entender direito)
E foi mais simples do que se esperava. Como eu não tinha pensado em fazer isso antes??? Não importa.... o que importa é que passou.

Eu fiz meu final......