29 de mar de 2010

Igual a qualquer um

Letra: Leoni
Música: Raphael Moraes



Não sei se alguém ainda visita isso aqui... mas se visita merece ouvir isso...

Essa musica é uma das participantes do 2° concurso de composição do site oficial do Leoni. Leoni fez a letra e o participante fazia a música.

Na minha singela opinião essa musica deveria ser gravada.. o Leoni devia descartar todas as outras e gravar essa.
Claro que muito possivelmente minha opinião esteja imensamente influenciada pelo fato de eu conhecer e curtir mto o trabalho do Raphael e da banda Nuvens e também por conhece-lo pessoalmente e também admirá-lo enquanto pessoa pela sua simpatia e simplicidade (pelo menos essa é a minha opinião.. heheh).
Quanto a Letra não tem nem o que falar... não tinha como ser do Leoni sem ser linda.. hehehe
Eu achei que a melodia vem num crescendo ao longo da música que te envolve de uma forma tão natural... não entendo nada de musica propriamente dita.. mas é emocionalmente assim... pelo menos pra mim...
Começa calminha.. tranqüila e sossegada... ai tem aquela paradinha ali no 0:47 e a chuva e aquele trovão, num momento extremamente propício, que dão o toque e a bênção dos céus, e a música evolui um level... hehe de uma forma absolutamente encantadora... e parece que vc sente o refrão entrando e circulando nas suas veias como se fosse seu próprio sangue... e assim segue até o fim... não é uma musica cantada como se canta ciranda cirandinha... tem sentimento e intensidade em cada palavra dita ao longo da musica... cada palavra é cantada de forma que ela pareça fundamental... indispensável e insubstituível...
lindo... só isso que eu sei fala...
repito... minha opinião está absurdamente influenciada pelo meu conhecimento prévio...

Só sei que essa musica me deixou nas nuvens.. hahaha (entendeu o trocadilho?! hehe)

só isso que eu tinha pá fala!!

27 de mar de 2010

Tanto

as vezes vc ouve uma musica por muito tempo.. e ela é apenas uma musica legal... que vc curte...
ai um belo dia, vc está ouvindo rádio e essa música toca e de repente ela faz sentido na sua vida.. ela representa alguma coisa? então.. é bem assim!

Tanto

Coveiros gemem tristes ais
E realejos ancestrais juram que
Eu não devia mais querer você
Os sinos e os clarins rachados
Zombando tão desafinados
Querem, eu sei, mas é pecado
Eu te perder

É tanto, é tanto
Se ao menos você soubesse
Te quero tanto

Políticos embriagados
Dançando em guetos arruinados
E os profetas desacordados
A te ouvir
Eu sei que eles vem tomar meu
Drinque em meu copo a trincar
E me pedir pra te deixar partir

É tanto, é tanto
Se ao menos você soubesse
Te quero tanto

Todos meus pais querem me dar
Amor que há tempos não está lá
E suas filhas vão me deixar
Por isso não me preocupar
Eu voltei pra minha sina
Contei pra uma menina
Meu medo só termina estando ali
Ela é suave assim
E sabe quase tudo de mim
Ela sabe onde eu
Queria estar enfim

É tanto, é tanto
Se ao menos você soubesse
Te quero tanto

Mas seu dândi vai
De paletó chinês
Falou comigo mais de uma vez
Não, eu sei, não fui muito cortês
Com ele,não
Isso, porque ele mentiu, porque
Te ganhou e partiu
Porque o tempo consentiu
Ou se não porque

É tanto, é tanto
Se ao menos você soubesse
Te quero tanto
É tanto
Se ao menos você soubesse
Te quero tanto

12 de mar de 2010

Eu que não sei quase nada do mar

descobri que não sei nada de mim!!
(Ana Carolina)

pq é tão difícil deixar que as coisas simplesmente aconteçam???
eu sei que as melhores coisas da vida acontecem naturalmente.. mas é foda aceitar isso
sim.. saber é uma coisa.. aceitar é outra completamente diferente!

Acho que já disse isso aki antes... mas eu realmente queria que a vida fosse igual novela, que a gente pode pegar o jornal de domingo e saber o que vai acontecer nos próximos capítulos. não seria muito mais fácil???
odeio essa minha ansiedade... essa minha mania de querer controlar minha própria vida como se eu fosse um personagem de the sims...
não sei o que vai acontecer amanhã ou depois... se haverá um reencontro emocionante com cena de cinema ou apenas dois conhecidos que não se vêem há um tempo se reencontrando e falando... e ai.. td bem?? como foi de viagem??
isso me apavora... o medo de virar a esquina tropeçar e cair num buraco de uma obra de esgoto ou qqr coisa assim e ficar no fundo do poço, gritar e ngm ouvir.
sei que me preocupo demais com coisas que não devia... vejo só espinhos no meio de um lindo roseiral... sei que ali existem vááárias flores lindas que estão ali só para serem admiradas.. mas os espinhos me incomodam muuito...
Tem coisas que é difícil relevar.. qdo o problema é comigo parece que a lei da compensação do universo não funciona...
Não quero parecer uma pessoa melancólica e dramática que só sabe falar sobre o quão desgraçada é a vida dele... o quanto as pessoas o desprezam... como ele nunca foi amado na vida...

na real acho que estou passando por um mau momento um tanto quanto duradouro... mas isso uma hora passa... mais cedo ou mais tarde...
no meio de toda essa crise existencial existem duas pessoas que não me deixam na mão... e eu não preciso citar nomes... elas sabem que falo delas...

E realmente agradeço por isso... qdo tudo isso passar a gente vai rir juntos dessa crise toda...



ai..

desabafei...

"que será da luz difusa do abajur lilás, que nunca mais viera iluminar outras noites iguais?"
(Ana Carolina)